Nem tudo passa com o tempo


Pensamento do Dia

Nem tudo o que escrevemos é para alguém.
Nem tudo o que postamos é indireta.
Nem tudo o que escrevemos, sentimos.
Nem tudo o que reluz é ouro.
Nem tudo é amor. Às vezes, é carência.
Nem tudo o que se vê reflete a verdade.
Nem tudo o que escrevemos é para uma pessoa só.
Nem tudo o que a gente passa é porque Deus quer que a gente passe,
na maioria das vezes são escolhas.

Sim, é a lei da vida: 
nem tudo passa com o tempo.
Os fortes também choram,
os brutos também amam,
todo mundo colhe o que planta,
todos os efeitos são recíprocos.
Quem magoa também sofre,
chorar por dentro é um dos piores choros.
Ninguém entende o que o outro passa até passar,
o único meio de superar o sofrimento é suportando-o,
muitas vezes as pessoas se afastam só por tristeza.
As pessoas se metem demais, deduzem demais.
Ninguém é mais odiado do que aquele que fala a verdade.
Certos amores são perigosos, passam e não passam.
Às vezes, escrevemos para todos e não só uma pessoa.
Existem os finais felizes e os finais necessários,
insistência é a prova da falta de reciprocidade,
algumas pessoas merecem aplauso pelo teatro que fazem. 
Se você prende quem se afasta, impede o caminho de quem quer se aproximar.
Às vezes as pessoas têm atitudes imperdoáveis, mas merecem ser perdoadas.
Tudo aquilo que não enfrentamos, acaba nos prendendo e se tornando nosso destino.
Nenhuma pessoa vai te amar tanto como aquela que chorou porque não queria te perder.
Se não atravessarmos o inferno de nossas paixões, não as superaremos. 

E as pessoas agem e se esquecem que algumas mágoas, humilhações, desprezos e decepções deixam marcas profundas que carregaremos por uma vida inteira. 

A melhor coisa a se fazer é dar a mesma importância que as pessoas dão a você. Nem mais nem menos.

Depois de tudo isso, de ter enfrentado tantas dificuldades e continuar em pé, você só tem razão para crer que no final TUDO VAI DAR CERTO.

Mas como também dizia Jung: "Uns sapatos que ficam bem numa pessoa são pequenos para uma outra; não existe uma receita para a vida que sirva para todos".



Conteúdos exclusivos BMGV EDITORA.
1996 Ana Flávia Miziara © Todos os direitos reservados.

DMCA.com Protection Status